Terras sem sombra: legado islâmico para descobrir em Mértola este fim-de-semana

49

O fim-de-semana Terras sem Sombra de 15 e 16 de fevereiro, em Mértola, propõe um regresso ao passado, com os pés bem assentes no presente e o olhar no futuro. O programa de música apresenta a excelência ímpar do Canto Gregoriano a cappella pelo contratenor espanhol José Hernández Pastor. A ação de Património convida a olhar o território através do legado do Islão e, no âmbito da Salvaguarda da Biodiversidade, redescobrem-se práticas agrícolas sustentáveis.

O Festival Terras sem Sombra, promovido pela Associação Pedra Angular, é uma iniciativa da sociedade civil que visa dar a conhecer a um público alargado um território, o Alentejo, que sobressai pelos valores ambientais, culturais e paisagísticos e apresenta um dos melhores índices de preservação da Europa. A Pedra Angular é uma associação cultural e científica, sem fins lucrativos, fundada em 1996. Tem por objetivo o estudo, salvaguarda e valorização do património ambiental, cultural e científico do Alentejo, com realce para os monumentos, paisagens, sítios, museus, coleções, bibliotecas, arquivos, galerias e bens culturais imateriais.

Para mais informações:

https://terrassemsombra.pt/wp-content/uploads/2019/04/PressKit_digital.pdf

Fonte: odigital.pt